Coronel Telhada solta o verbo: "É um crime" desarmar as Guardas Municipais.